Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tortinho

Mísero tortinho; estúpido.
Sonhas com mundo novo,
Com flores, mais amores;
Viver feliz: doce ilusão.
Não vês eu descriminações há
Em meio aos chamados “perfeitos”?
Pobre menino, não adianta!
Felicidade, não existe, não pertence a ti.

Tortinho, mísera forma de desprezo!
Pobre diabo, sem amigos verdadeiros!
Verme em forma de homem,
Talvez um descuido da natureza.
Que te importa viver,
Se até a mulher que amas
Parece desprezar-te?

Como reagem a lua, as estrelas,
Amigas únicas com quem podes contar,
Ao ouvir o lamento dos lábios teus?
E o Deus de tua vida,
Onde se encontra este supremo Ser,
Que em tal estado te deixou viver?
Isto se vives, visto que pareces vegetar.

Pergunto em desabafo,
Compartilhando com tua desgraça,
Revoltando-me contra o mundo, contra todos,
Hipócritas de cordeiro revestidos,
Pobres diabos,talvez mais que tu!

Pergunto ao Deus meu, Deus teu,
Dos santos, dos desgraçados, e dos oprimidos,
A duração de tua agonia.
Quando terás o amor daquela que amas,
A compreensão dos que te geraram
E o respeito dos “perfeitos”?

Sei que não mais resistes,
E clamas pelo grande sono,
No seio da fria terra.
Aumenta o sofrimento:
Falta-te apoio, amores;
Sofres perseguições, desrespeito, humilhações.
Mas não serás covarde se partires?
Rapaz, sê forte, não te entregues!
BJ Duarte
Enviado por BJ Duarte em 26/07/2006
Código do texto: T202730
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BJ Duarte
São Gabriel do Oeste - Mato Grosso do Sul - Brasil, 49 anos
69 textos (101929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:18)
BJ Duarte