Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Auroras

Quando sacode o dia na minha janela;
Puxo pra bem mais perto o travesseiro,
Recordo a noite pintada na minha aquarela,
Lembrança do nosso primeiro janeiro.
 
Auroras do meu cantar predileto,
Das febres de amor experimentadas,
As conversas sussurradas em secreto,
Juras tantas, feitas em enxurradas.
 
Amanheço outra vez com o temporal,
Sibilando nas folhas luz resplandecente,
O afago doce nas sacadas do quintal,
 
A ternura de um beijo inocente
Reflete no lume do tempo imortal
Apascentando o corpo de alma carente
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 28/05/2005
Código do texto: T20302

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:18)
Angélica Teresa Almstadter