Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alegria de férias...

Aninhei-me na tristeza
Apaguei todas as luzes
Da idéia e da razão
Do sentimento e emoção!
Fiquei presa em fios
Emaranhados infinitos
Pensamentos esquisitos
Sem começo nem fim
Só o vazio maldito
Tomou conta de mim

Largada, fiz um casulo
Feito de seda do tempo
A tudo indiferente
Inerte, distante, cega!
Surda-muda doente
Só um gemido insistente
Da lágrima inexistente
Foi minha dor e tortura
Naquela noite escura
De o “meu ranger de dentes”



Marilú
(outubro de 1998)
Marilu Santana
Enviado por Marilu Santana em 28/05/2005
Código do texto: T20312
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilu Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
204 textos (37058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:04)
Marilu Santana