Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

The Dark Night Lost!

Destilou fragrância ladeira abaixo,
Cabelos balançam, um jeito de dizer não,
Cravos saem em disparada, medo de lapela,
Unhas crispadas eriçam gatos confusos,
Mal se vê o brilho dos olhos, cães vadios,
Bocas sedentas nas costas da estátua,
Outra gárgula rindo daqueles que passam,
Sinistro fado de quem espera o barqueiro...
Línguas divididas expiam em frestas soturnas,
Vampiros fogem do cigarro acesso, desnudos,
Turva a Lua toda a encenação, outro passo,
Passagem gratuita, seu preço já incluso,
Não recuse ofertas melhores, outros abatimentos...
Cardíacos, para aqueles que faltam no plantão,
Sumiu o primeiro aroma, falta novidade,
Toca o telefone, além do alcance, imaginação,
Passos apressados na praça vão tentando
Tirar todo o atraso, vida sedentária, dores,
Para cores mais fortes, longevidade,
Anda perdida no rio da vida, seca aparente,
Rangendo os dentes até explodir a cabeça.
De prego no lado oposto da trave,
Olhos a luz & até conseguiu sorrir...

Peixão89
06.06.2006.
Peixão
Enviado por Peixão em 27/07/2006
Reeditado em 02/08/2006
Código do texto: T203309
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:19)
Peixão