Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Outro Lado

Na volúpia do tédio,
me sobra ainda tempo
para descobrir
que, do meu outro lado,
habitam sombras
e florestas.

Reluzes!

Se são ávores,
são comuns,
medrosas e de uso,
se pedem sol,
estão sedentas !

São sombras das
florestas rústicas,
que fazem meu descanso!

Copas dos Lúcidos!

São elas que apaziguam
com encanto,
a dor interior,
de um dia ser senhor,
noutro,
servil!

Na Paz dos Comedidos!

E se hoje acato,
é porque sou sombra;
se hoje aceito,
é porque só navego
em rasos regatos!

Em pávidos ombros
cansados!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 28/07/2006
Código do texto: T203762
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26786 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:38)
José Kappel