Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino sem morada

Caminho no tempo, pés ao vento!
O tempo passa, inunda meu coração.
Sigo meu destino num desalento,
Sem saber o rumo ou direção.

Entre montes e desmontes,
Vem o vento, cai o tempo, sangra o corpo.
Inquietante, urge novos horizontes,
Destino maltrata, não me leva ao porto.

Deleito ao vento, serenidade me conserva,
Prazer inspirador que me sacia,
Dúvidas e desconfiança, me reserva,
Esse destino sem acalmia.
Deusa de Sagitário
Enviado por Deusa de Sagitário em 28/07/2006
Código do texto: T204097
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deusa de Sagitário
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 37 anos
21 textos (20872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:40)
Deusa de Sagitário