Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MATUTANDO

Quando pela porteira da alma
Passa a boiada da dor
Nada na vida me acalma
Anda nas lagrimas as magoas
Dos sonhos, das tristezas e do amor

Vai secando de mansinho
A lagoa da saudade
Vai maltratando os olhinhos
Já não se tem os carinhos
Já não se encontra a verdade

Faço leilão dos meus sentimentos
Ou os colocarei no sebo da vida
Quero esquecer sem ressentimento
E viver cada mil momentos
Para a maldade não encontrar guarida.


Gilberto Júnior
Enviado por Gilberto Júnior em 28/07/2006
Reeditado em 28/07/2006
Código do texto: T204101
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Júnior
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 64 anos
70 textos (2897 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:00)
Gilberto Júnior