Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminhos duvidosos

Vivo correndo contra o tempo
Um tempo que não sei o tempo.
Vou atravessando fronteiras
Por um caminho que não sei se certo.
Cruzo rios e percorro florestas
Por entre as árvores penso em parar.
É refrescante, é confortante,
É belo, quieto e saudável
Mas não posso desistir.
Não posso deixar de ir
Não sei pra onde, nem sei pra quê
Só sei que não posso parar.
Os caminhos são diversos,
As escolhas serão certas?
Mas vou andando, sigo em frente.
Povos, cores, amores, lágrimas,
Monumentos, momentos, pensamentos...
Tudo me leva adiante.
Adiante apenas do agora.
Não sei pra quê, não sei pra onde.



Rosimere Ferreira
Enviado por Rosimere Ferreira em 28/07/2006
Código do texto: T204157
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosimere Ferreira
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil
116 textos (6349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:24)
Rosimere Ferreira