Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

       
        APENAS EU

Eu tento fazer do momento minha poesia,
Juro que tento, mas acabo na teimosia.
quero inventar palavras inexplicáveis,
Mentira para encobrir emoções inaceitáveis.

Tenho toda uma noite me olhando escrever,
Uma lua que já me foi musa e hoje não crê,
não se faz amor de uma vontade somente,
São corações unidos e sonhando simplesmente.

Daí uma pequena poesia de esperança,
Um pequeno tesouro que a noite provoca,
sorrio alegre com meu brinquedo de criança, 
Alguns versinhos que minha lembrança invoca.
Assim não mente, nem o poeta nem eu,
Faço apenas o que o coração me deu.



Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 28/07/2006
Reeditado em 29/07/2006
Código do texto: T204187
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
732 textos (54101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:35)
Jose Carlos Cavalcante