Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A poesia morreu


A todo instante me volto em contínua oração,
pedindo a Ti Senhor, que me ajude
a achar outra vez a poesia.
 
Onde ela foi parar?
Onde se escondeu
a rima que não acho mais?
Pois que agora só consigo escrever
coisas sem sentido, sem nexo.
 
Onde buscar aquelas doces palavras
que antes a pena escrevia
sem nem mesmo pensar?
O que falta?
 
Estaria ainda meu espírito preso
a alguma teia de divagações
que necessita ser sarada?
 
Por onde andam as flores, os pássaros,
as montanhas, a terra, as estrelas,
o sol e a luz que reluz?
Será que minha poesia morreu?
Maria
Enviado por Maria em 29/07/2006
Código do texto: T204461
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185897 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:39)
Maria

Site do Escritor