Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intimidade

Enternece-me a luz de teu olhar
Quando ilumina o meu, embevecido
Todo meu corpo se põe a vibrar
No calor que o deixa consumido

Nas veias sinto o fogo correr enlouquecido
Ardendo, sem queimar
Tudo em meu entorno é esquecido
Só o teu corpo consigo enxergar...

Teus braços me enlaçam docemente
Limite que cerceia sem prender
Deixo-me guiar por ti somente
Numa ânsia que não posso mais conter

Tua boca, louca e doce me tortura
Roubando-me de vez todo pudor
Entrego-me com prazer nesta loucura
Cor escura provocando-me torpor

Contigo a razão desaparece
Nossos corpos buscam a saciedade
Unidos como mãos postas em prece
Cultuando os domínios da vontade

Como mágica nossas almas se misturam
Explodem sem se desprender
Os sentimentos se esparramam e perduram
No momento infinito de prazer...



Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 28/05/2005
Código do texto: T20476
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215235 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:25)
Priscila de Loureiro Coelho