Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Casa abandonada IV Todo o mundo é composto de mudança


As mudanças, agora aquele homem não tem bigode,
O suíço já não usa suíças, já não se usa Provérbio,
2 homens da Ucrânia mudam a mesinha cabeceira,
Onde o meu avô pousou os óculos antes de deitar.

Em qualquer lugar a minha mulher ficou diferente,

Dá para pensar, como se o metrónomo evoluísse,
Para piano, como o meu cabelo ficar branco, e tudo de ses,
E o que era antes fosse estupidez, como o rei nu,
O que eu gostava daquela casa, também a minha avó.


A piscina é um empecilho, tem que se dar a volta a ela
Para ir comer os pastéis de bacalhau. E essa saudade tão forte,
Tanta felicidade, e sei que não era só eu, o pobre da minha rua também era feliz, … era a infância.

A infância é um momento muito feliz, vemos as coisas pequenas
Muito grandes,
Aquilo que ainda não é.

O Miguel também era como eu, quando eu era pequeno. E isso basta-nos, sabendo mesmo que um dia tudo se pode mudar.

Trim, toca na porta nova do novo prédio, são os homens das  mudanças
é outro tempo,
O mundo composto de mudança.


Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 29/07/2006
Reeditado em 30/07/2006
Código do texto: T204891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:50)
Constantino Mendes Alves