Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brasileiro

Nasci e permaneci brasileiro.
Meio isso, meio aquilo.
Ateu e religioso; estorvo e empecilho.
E, no fim, sobrei inteiro.

Já usei lápis e tinteiro,
e chamei desconhecido de companheiro.
É por isso que lhe digo, filho,
nas voltas da vida, noves fora, conserve esse brilho.

Não seja Afro ou Euro descendente.
Nem muito cético, nem tão crente;
pois somos apenas o que a vida nos consente.

Nasci e fiz um filho brasileiro.
Caminhamos nesse chão, cada qual com sua arte.
Lemos Marx, Nietzsche e Sartre,
mas, por via da dúvidas, rezamos para que Deus exista
                                          [em alguma parte.
Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 30/07/2006
Reeditado em 30/07/2006
Código do texto: T205252
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Renato Villela
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
1758 textos (329769 leituras)
1 áudios (27 audições)
4 e-livros (4102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:19)
Fabio Renato Villela

Site do Escritor