Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Angústia


Oh! Angústia, meu Deus! E que angústia!
Contemplar nossas matas fumaçando
Os bichos pelo fogo exilados
E as rapinas lá do alto os espreitando

Correm os animais abafados
Pelo manto negro da fumaça
Que sobe rebolando rumo ao céu
Predizendo um futuro de desgraça

Carcará baixa vôo no fumaçê
Misturando-se às ruidosas labaredas
E logo sobe conduzindo entre as garras
A pobre lebre sem que ninguém interceda

Oh! Angústia, meu Deus! E que angústia!




(imagem : http://www.morcegolivre.vet.br/queimada.html )


José Mattos
Enviado por José Mattos em 29/05/2005
Reeditado em 01/10/2005
Código do texto: T20536

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.josemattos.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 52 anos
54 textos (2839 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:41)
José Mattos