Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

recreio

no pátio das estrelas adormecidas
brinca a  menina da amarelinha
que se perde em ‘pisa-não-pisa’
ela não pisa para o céu
das borboletas amarelas

perde-se entre sonhos
e imaginação
circunvaga tal tempo e ar:
incerta e leve

na palma das mãos
ela afaga um laço
de ‘silêncio’
o olhar se dilui

a ausência faz do coração
dela um inquieto colibri
de asas abertas a planar
sem vento

a menina quis
‘brincar de sempre
no estreito-pouco’
ao tempo do impossível
em que o momento
desnudava-se em
finidade acriançada
marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 31/07/2006
Código do texto: T205695

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:05)
marcia eduarda