Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero Você

Quero você com véu
caido,
displicente,
como amora florescendo
no amplo jardim
dos comedidos.

Quero você mesmo assim,
vestida de rosa,
banhada de gotas de orvalho,
que umedecem a pele,
que estrondea o âmago,
aguça o desejo de setembro,
retumba a graça com o beijo doce,
e semeia o próximo,
sob a guarda dos próximos anjos.

Quero você mesmo assim,
nem simples, nem afoita,
nem para o bem afora,
nem para o mal interior.

Simples: igual a rosa de todos os dias!

Assim, morna,
como algodão despido
de entrelaço,
assim, como sementes
e cristais
que vão se formar nas horas
do dia.

Quero você assim:
nem prá mais,
nem prá menos,
simples como um botão,
forte como a viril montanha,
e fraca,amaciada,desbotada,
de ânsias e deveres
inacabados.

E se é por tudo,
que seja por nós.

Se há um começo foi aqui
Se as cortinas de pano
agora se cerram,
é por puro acaso, ou
dobra do bem querer.

Assim,
igual a quem vem
de um céu
e só alenta
nosso apaziguado
amor.

Prá mais,
prá quê?
Se já moramos
na abóboda do céu !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 31/07/2006
Código do texto: T205809
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26784 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:10)
José Kappel