Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce loucura

Por entre flores e espinhos meus pés caminham felizes
Sinto que nada, por mais complicado que seja, está perdido...
Momentos bons que eu vivi antes, até então esquecidos...
Podem ser reativados e conscientemente revividos como se quis

Alguns desses belos instantes se perderam na minha pobre memória
Cansada, mas garimpando posso reencontrá-los, fazer o amor gotejar
Em cada estação que passei, ah, quanta alegria deles guardei!
Por força da circunstância perdi num minuto a pessoa que mais amei.

Desde os primeiros dias do meu passado inocente, fiquei,
Por entre as folhas secas quedadas pela a força do vento.
Atônitos e abobalhado, em roupagem infantil que sonhei...
Na primavera colorida de folhas semivivas, espelho da vida.

Ao crescer na ostentação infantil, nas presunções torpes
Da criancice à maturidade, na trilha do bel-prazer...
Dos mutantes adolescentes de fases sem destino certo
Para o presumível adulto imoral, de efemeridade reluzente.

Por tanta força demi-mondaine, por tantas flores cortadas
Por tantas folhas mortas, ou sofregamente extraídas...
Desenvolvi-me e pude apreciar não tão-somente em mim
Mas na vida, os cerimoniais de acesso e a cronologia evolutiva.

Trago deformações de marcas pelo corpo, na pele deformada
Muitas encarquilhas na alma sôfrega de minha doce lembrança
Maturação, astúcia mãe de toda experiência vivida, e cheia de sucesso...
Ou fracassada muitas vezes ao longo da vida

Invólucro do corpo, limpeza do espírito, passado morto de lembranças vividas. Emoções vivas rumorejam sob a aura da existência, repleta de sabedoria, nem abandonada nem esquecida, apenas a nós gratuitamente oferecida.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 31/07/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T206303
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79566 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:39)
R J Cardoso