Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher amada

Quisera eu estar agora
Nos braços da mulher amada
Sentado na doce relva
Contando estrelas e falando de amor.

Palavras dóceis de se ouvir
Palavras que saem com simplicidade
De um coração apaixonado,
Ato espontâneo de quem  ama e se sente amado.

Quisera eu beber do veneno de seus beijos,
Torrente eterna para quem ama de verdade,
E adormecer no calor de seus braços
Ao suave som da brisa que passa.

Ah, saudades!
Que saudades tenho do passado.
Passado de prazeres e delicias
Vivendo ao lado da mulher amada.
BJ Duarte
Enviado por BJ Duarte em 02/08/2006
Código do texto: T207313
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BJ Duarte
São Gabriel do Oeste - Mato Grosso do Sul - Brasil, 49 anos
69 textos (101934 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:04)
BJ Duarte