Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POEMA

O poema nasce
Como água cristalina
Poema com gosto
Doce de néctar, de mel
Sem palavras ferinas...

O poema cresce
Na multiplicação dos pensamentos
De quem o lê...
Se o poema não tem fronteiras
Não tem cor,
Mas pode mostrar sua força
como grito profético...
Pode direcionar pessoas
A um novo mundo de esperança,
De paz, sem guerras...

O poema vive
No olhar dos sonhadores,
Na voz dos otimistas,
Na ação dos que sabem ousar...

Um poema jamais morre
Tem duração eterna,
Transmite emoção
De geração para geração
se perpetua
Como fonte de conhecimento,
Como marca de um tempo,
Como luz e esperança,
Como simples palavra
Que veio do nada
E se tornou viva como a vida
No meio da multidão
Que se alimenta de palavras
E as transformam
Em ação, em ação, em AÇÃO.


02.08.06
André Filho
Enviado por André Filho em 02/08/2006
Reeditado em 10/01/2010
Código do texto: T207483

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Filho
Guarabira - Paraíba - Brasil
72 textos (16766 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:54)
André Filho