Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POESIA SUJA

Estamira, do lixo ao luxo
Da dignidade humana
Conseguiu sobreviver...
Poesia suja de sentimentos limpos
Imagem marcante de uma brasileira
Sobrevivente do caos geral


INSPIRADA NA FRASE DE VANUZA:

Estamira, a mulher miserável que vive do lixo, hoje, sucesso nacional, virou documentário premiado...

Publicado no Recanto das Letras em 02/08/2006
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 02/08/2006
Reeditado em 02/08/2006
Código do texto: T207645

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916756 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:01)
Denise Severgnini