Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas meninas dengosas, 
duas cadelinhas charmosas, 
me enfeitiçam com seus olhares
lânguidos, pedindo carinho
pedindo passeio.
Donas de beleza rara
uma  loira, cor de mel,
outra branquinha igual algodão-doce, 
mãe e filha poodles,
não são grandes amigas. 
O ciúme irracional próprio dos animais
as empedem de entender,
que meu amor é do tamanho do mundo.
Quando as pego no colo
brincando e conversando, trocamos olhares
que confundem a fronteira entre o racional e irracional,
falam com olhares e com gestos.
Desfilam beleza sem vaidade,
 minhas meninas poodles.

Marlene 02/08/2006

foto=marleners
marleners
Enviado por marleners em 02/08/2006
Reeditado em 22/04/2007
Código do texto: T207887

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marleners
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
216 textos (25839 leituras)
6 áudios (232 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:08)
marleners