Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTAZES FORA DE MODA

Ao lado da mulher finita
ele morrerá humano.
Não sobreviverá nem
para dizer que ficou para semente;
mas precisará dela
quando, ao lado, o frio soprar
para reconhecer seu cadáver indigente.

Mazinho,
um irrecuperável apaixonado,
consciente de que o amor em vida iria faltar,
fez um testamento aos órfãos pressentidos
e tentou matar em si as razões de viver
de toda e qualquer maneira.

Resolveu, da noite pro dia,
voltar sempre tarde pra casa,
aprendeu, sem que nem pra que,
a beber muito e ter cara de bar.
Passou a dormir de costas
enquanto o corpo da amada,
sem estremecimentos,
agonizava ignorado em solidão.
Economizou beijos de bom-dia,
enquanto os lábios da amada, frios,
arroxeados e tumulares
enrijeciam a cada minuto de silêncio.


Ao lado do homem quieto
ela descansará imóvel.
Não acordará nem
para falar se ficou  morta ou viúva;
mas dele precisará
quando, ao lado, o hálito soprar
o silêncio da voz muda por envenenamento.

Clótilde,
a amante da eternidade,
escreveu no diário os últimos momentos
e ainda viu o raiar do dia de um sol frio
a encurvar-lhe as dobras dos dedos
na lucidez última da grafia.
 
Renegou, de uma hora pra outra,
todos poemas de amor escritos,
queimou, por dentro e por fora,
todas as receitas copiadas
Passou a esperar aflita
o aguardo de uma má notícia
sem o entristecimento
apático do espírito suicida.
Economizou abraços de boa-noite,
enquanto o calor do homem dorme
na calma e nos braços
ninados por todo amor ausente.
 

Viva ou morta,
procura-se Clotilde:
companheira de Mazinho!

Morto ou vivo,
procura-se Mazinho:
companheiro de Clotilde!
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 30/05/2005
Código do texto: T20924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:51)
Djalma Filho