Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos de Solidão



No prelúdio da noite
a  trôpega alma silencia
beija a amarga boca da agonia

 
O estéril tempo se vai
leva consigo a bagagem
pesada de sonhos

 
Esvazio  o cântaro da ilusão
choro. a dor ... com olhos
molhados de  solidão

O coração  fossilizado
grita forte e desesperado
diante do estupro do amor !



 
Recife 21/07/2006
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 04/08/2006
Código do texto: T209275
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:57)
Zena Maciel