Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INTEIROS, MEIOS, JUNTOS

meio a meio,
sem certificado de amor,
a coragem, de cara limpa,
deu um tapa na paixão.
Dividimos os princípios
as frases, os medos, as taras,
a cara-metade do casal
custosa em acreditar.

Juntos,
sem agendas ou calendários,
não contamos as noites grávidas
nem os enjôos da lua cheia.
Dormimos de mãos dadas,
meio a meio,
agasalhando-nos sem cobertas
não importando de qual lado da cama
dormirá o canhoto ou o destro.

meio a meio,
sem alianças ou aflição,
o desejo, de corpo e cuia,
chegou de mala e alma.
Dividiremos as lembranças
os cabides, as chaves, os escuros,
a falsa magreza da solidão
espantada ao engordar.

Juntos,
sem relógios ou despertadores,
não contaremos carneiros sem sono
nem as cercas de arame do minuto.
Queremos tempo para os cheiros,
meio a meio,
envolvendo-nos num só abraço
não importando qual o lado do rosto
acordará marcado de travesseiro.

Do lado de fora, os mal-amados vociferam.
Do lado de dentro, meio a meio,
nós, conquistados, vencemos juntos!
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 30/05/2005
Código do texto: T20942
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:20)
Djalma Filho