Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem você

Penso sempre em você,
Mas hoje, doze de junho,
Data que recorda nossa felicidade,
Pensei um pouco mais.

Saiba que sem você
As  noites são túneis enormes e escuros,
Entrando mais fundo e mais fundo
No seio das trevas,
Sem nunca encontrar a saída do dia,
E a vida se arrasta, e a aurora não chega,
A aurora da vida e do amor.

Sem você a vida não possui sentido algum,
Como um bilhete de loteria,
Que n ao foi premiado e nem será.
Então é só rasgar e olhar o vento
Levando os pedacinhos pelo chão.

Sem você, meu grande, único e luminoso amor,
Entra na lei da gravidade da matéria,
Nasce no corpo, mas não chega à alma,
Como um lindo repuxo ensaiando a subida,
Mas sem nunca passar de certa altura.

E cai, e rola as águas tristes sobre o lodo,
E cai chorando a sina amarga de ser lama,
Depois de ter sentido a vocação da chama.

É por isso e por muito mais
Que lhe peço neste dia
Que me faz lembrar os lindos dias
Que juntos passamos
E sei que também não se esqueceu:
Volte querida.
BJ Duarte
Enviado por BJ Duarte em 05/08/2006
Código do texto: T209572
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BJ Duarte
São Gabriel do Oeste - Mato Grosso do Sul - Brasil, 49 anos
69 textos (101950 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:51)
BJ Duarte