Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À Lua

A ti que na abóbada celeste reluz
quero admirar até o amanhecer,
ver-te mesmo que tão longe
tão distante de meu toque, é magnífico!

Oh mais perfeito dos astros
teu brilho ilumina meus amores,
e o sorriso tão discreto
que a mim sei que dedicas,
suavemente cura minhas dores.

Elogios a ti, me faltam
porém transborda em mim felicidade
quando te vejo tão sublime
na escuridão, repleta de saudade...

E ao sentir que a luminosidade tua
impiedoso, o grande rei dos céus vem escoder
uma profunda dor corrói minh'alma...
Não permita! fique, o doce Lua!

Nágila Ramos
Enviado por Nágila Ramos em 05/08/2006
Código do texto: T209642
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nágila Ramos
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2 textos (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:16)
Nágila Ramos