Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devaneios

Passe longe para que eu nunca mais possa vê-lo...

Passe perto pois estar perto me  conforta.

Passe não por esta porta, pule a janela, seja criativo,

Me provoque,

Ponha tudo que eu tenho de feio para fora...

Passe mais ou menos, para que eu possa rir...Solte  seu

lado lindo...

Me provoque para que eu possa sentir saudade do que já

fui...

Passe longe de mim, muito longe pois sou má e te levarei a

um buraco negro e profundo

De dentro da minha tristeza...

Pule o muro da censura e me puxe

Só para me ver sorrir e sofrer...

Sai gritando o meu nome, sinta a dor de ficar só me

olhando, me querendo e não me tendo,

Sinta como não só não sou tua

Como também não me pertenço...

Sinta  minha pele fria, meu hálito acre, sinta meu colo

áspero...

Sou sua pedra, meu caminho tão sujo e lamacento...

Passe e nunca mais olhe para trás...não sou mais ninguém!


Teca Bandeira
Enviado por Teca Bandeira em 05/08/2006
Reeditado em 05/08/2006
Código do texto: T209964
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Teca Bandeira
Armação de Búzios - Rio de Janeiro - Brasil, 68 anos
25 textos (1044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:18)
Teca Bandeira