Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Proibido

Quero sentir o toque de suas mãos
Preciso do calor que elas transmitem
Quero você agora sim, quem sabe amanhã não
Preciso me sentir inteira
Como mulher amada e verdadeira

Quero explorar sua boca
Degustar cada centímetro
Sentindo-me meio oca
Como se ainda faltasse alguns milímetros

Não consigo mais raciocinar
Sou toda sensação
Meu corpo parece querer entrar
Para outra dimensão

Sinto você tão junto a mim
Que mal consigo respirar
Sinto aroma de jasmim
Passo quase a levitar

Olho dentro dos seus olhos
E me vejo com estou
Cabelos soltos e revoltos
Como se estivesse em um mar de amor

Arrasto você com jeitinho
Levo-te ao nosso cantinho
Que está repleto de carinho
Tal como um ninho

Hoje quero você sem reservas
Quero me entregar desvairadamente
Hoje não haverá trevas
Hoje nos amaremos perdidamente

Posso parecer um demônio
Mexendo com todos os seus hormônios
Mas na verdade sou pura, sou santa
Só quero sentir você aqui e agora
Sem se importar com o tempo ou a hora

Venha, se entregue sem medo
Abrace-me forte e longamente
Prometo, esse será o nosso segrego
Em seus braços vou ficar languidamente

Passaremos mas essa noite acordados
Mas quando o dia amanhecer
Vá embora como se nunca tivéssemos nos falado
Que eu aqui vou tentar esquecer...

Meu amor proibido...
Meu menino querido...
Meu amor indecente...
Meu menino carente...
 

LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 06/08/2006
Código do texto: T210121

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:48)
LoucaporPoesia