Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há Quem...

Há quem não tenha uma crença
Há quem jure acreditar
Há quem os olhos nem levante
Há quem tenha medo de amar...

 

Há quem nunca tenho sentido prazer
Há quem jamais tenha se entregue
Há quem imagine que possa doer
Há quem é amado e não percebe...

 

Na vida de tudo há um pouco
Há quem daria a vida por amor
Há quem ache tudo isso um sufoco
Há quem ache que vida é dor...

 

Cada um com sua certeza
Cada cabeça uma sentença
Ainda não entenderam que viver é incerteza
E que necessita de presença...

 

Há quem diga que quem ama é louco
Há quem ache que viver sem amor é tolice
Há quem dê tudo sem esperar troco
Há quem não arrisque sequer uma peraltice...

 

E eu, o que faço no meio de tantas indecisões?
Eu me nego?
Eu me renego?
Ou assumo que sou escrava das paixões?

 

Como é que se mata uma paixão?
Aonde se desliga esse botão?

 

Há quem diga que vou sofrer eternamente
Há quem diga que amar é coisa dos fracos
Eu digo que eles têm pensamentos parcos
Pois se deixar de amar ficarei doente...

LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 06/08/2006
Código do texto: T210132

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:40)
LoucaporPoesia