Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reconstruido fragmentos : Um brinde ao talento de Raferty



Bento ama Heloisa, que ama Abelardo.
E a vida segue seu caminho indiferente
aos fragmentos do passado no presente
e ao presente ancorado no passado.

Os três, que caminharam lado a lado
a construir seus projetos de vida;
Hoje, tal qual maçãs amanhecidas,
têm o sabor do que não foi provado.

Bento, com seu amor mal disfarçado,
vive dos beijos das suas fantasias.
E, apaixoanado, vai fiando os dias
com a esperança dos desesperados.

Heloisa projeta em Abelardo
todos os sonhos e todo o seu futuro.
Constrói castelos por detrás de muros
onde jamais possam ser alcançados.

Abel, que ama do jeito que é amado
por heloisa nas suas fantasias,
apaixonado, vai fiando os dias
em mares nunca dantes navegados.

Hoje cada um foi pro seu lado:
Bento, um alienado, larga tudo
por uma atriz do cinema mudo
de um filme antigo inda não rodado.

Abel fez-se pra sempre Abelardo.
Um marinheiro de estranhos oceanos,
filosofando com o passar dos anos
a natureza do desnaturado.

Heloisa segue ao encalço do amado
levando amor e ódio à tiracolo
e um sorriso pra esconder o dolo
depois que seu amor for sepultado.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 06/08/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T210568
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1332 textos (57771 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:02)
Herculano Alencar

Site do Escritor