Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

╔ SONHAR

É tarde, hora de navegar,
Azuis com pontos brancos,
luz que brilha como sinal da hora
A hora de passear, ondas suaves,
sons que se misturam...
É o mar, são os ventos que brincam de me molhar,
É a música de uma sereia que mora na pedra ilhada,
Aquela pedra que mais parece outro barco,
na ilha que mora Iemanjá.

É hora de descansar
Sobre os sonhos de viajantes
Muito além do conhecido, além do horizonte
Daquela linha que corta o limite do desconhecido
É a linha que recebe com surpresa os navegantes
Que de longe me buscam, embevecido
Essa brisa mágica na minha fronte.

É hora de voltar
Pelos cantos das pedras, pelo jogar das águas
Na “rinha” do peixe, no mergulho das aves
Na contra mão da vida ou “senão” da morte
Das rezas do velho para o homem forte
É a maravilha do mundo que me faz curvar
Esse mar,  esse mar, esse mar...
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 31/05/2005
Cˇdigo do texto: T21060
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54083 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 06/12/16 19:55)
Jose Carlos Cavalcante