Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Catando palavras

Minhas mãos inquietas percorrem meu corpo
Em busca da palavra, uma que não trave
Que enrosque na pele, penetre fundo
Rasgue na língua os preconceitos
Minha ansiedade procura um porto
Onde a inspiração se destrave
Com palavras de sentido profundo
Numa frase cheia de efeitos
 
Mas onde a respiração oscila
Tem espaços sobrando e ecos gritando
E eu não encontro uma razão
Uma que me revire a inspiração
Não há como catar palavras nesse teclado
Nesse pedaço de plástico gelado
Tateio meus contornos
Atento para o meus olhares mornos
Não sei se me perdi
Ou se nunca me encontrei
Se é farsa o que até aqui vivi
Quando adormecer...saberei
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 31/05/2005
Código do texto: T21086

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55644 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:17)
Angélica Teresa Almstadter