Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Quando

Águida Hettwer


Quando a vida te parecer enfadonho, não permita

Que seu olhar torne-se tristonho. 


Quando tudo parecer não dar certo em sua vida,

Faça você mesmo um decreto, viverá um dia de

Cada vez, com visão no horizonte, atrás dos montes

O sol continua a brilhar. 


Permita-se de vez em quando sair da rotina, nos

Percursos da vida existem atalhos desconhecidos,

Imagino que sejam floridos. 


Quando alguém com tom amargo levantar ofensa

Contra ti, não se desespere, lembre-se daquele

Que morreu por ti, e ainda hoje muitos viram a face

Contra o sacrifício Dele. 


Leve apenas em consideração, as criticas construtivas

Para sua vida, elas fazem à gente lutar cada vez melhor

E com mais garra na vida. 


Quando seu coração estiver aflito, reflita por um

Instante, segure firme nas mãos de Deus e saiba que,

Nunca está sozinho. 


Cultive amizades por toda vida, e de contra partida,

Ofereça flores, afague, demonstre amor, não espere

Nada em troca. 


Quando estiver em uma fase gloriosa em sua vida,

Lembre-se que dessa vida não levamos nada

De material, cultive o coração humilde, os olhos

De amor em tudo que vê, seja apenas você em tempo

Integral. 


Quando a solidão bater bem perto de você, olhe

Para o céu, a estrela mais cintilante são meus

Olhos fitando os teus. 



20/03/2005
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 07/08/2006
Reeditado em 07/08/2006
Código do texto: T210868

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116503 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:30)
Águida Hettwer

Site do Escritor