Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia, meu refúgio


As vezes, eu já não sei,

Sobre que tema escrever,

Inicio muitas frases,

E depois, deixo-as morrer!



D'outras vezes, tomo-as de novo,

Com outro impeto, e novo vigor,

Por entre frases estéreis,

Nascem meus poemas d'amor!



Mesmo quando doi a alma,

Em lágrimas me desfaço,

Na escrita encontro a calma

nos poemas, eu desabafo!



Se a escrita me tirassem,

Meu Deus!!Não sei que seria?

Decerto, eu rebentava,

E letras soltas, explodia!
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 08/08/2006
Reeditado em 25/05/2010
Código do texto: T212018

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:06)
Aguarela Matizada