Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendendo a ser livre

I
...e meu íntimo deixou de manias
por um instante de calor
derretendo minhas rugas
Meu ouro
Meu ouro

tudo por um fiasco de luz
vindo de todos os povos
de todas as estradas

II
já sou maior agora
do tamanho do horizonte
antes do descobrimento das minhas terras

já sou maior agora
feito o gingado dos baianos espertos
semi nus
das baianas de olhos grandes
de peitos fortes

sou um pouco mais agora
mesmo que desconfiem da minha cor
que reparem no meu vulgo
que derramem o meu leite

III
foi pelo instante de milagre que corre em minhas veias
que aprendi a derreter meu ouro
aprendi também a ter menos segredos
menos sangue azul
e a sorrir mais livremente
igual ao matuto de dentes desalinhados
de ventre leve
que corre solto pelas manhãs serenas
de todas as primaveras
Kika Cardarelli
Enviado por Kika Cardarelli em 01/06/2005
Código do texto: T21251
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kika Cardarelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
32 textos (12936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:09)
Kika Cardarelli