Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Copa fatiada & Azeitonas!

É hora do morcego, avulsas pirotecnias,
Absurdos cabeludos chupando a paciência,
Torcendo narizes, papéis dançam na rua,
Amargura mista, descalabros & fantasias,
Estórias & novelas policiais, quadrantes,
O mal-educado não percebe a intenção,
Aforismos literários de petulantes,
Panacéias para rasgar barrigadas,
Zona postal para tramas & dramas,
Difícil recuperar o tempo que se perde,
Aprender virou uma incógnita variável,
Lá na frente, chorando tanto leite,
A flacidez surtando o pouco que resta,
Toda culpa será enterrada nas costas,
E ninguém vai poder fazer muito,
Água desperdiçada lavando calçada,
Vampiros abstratos sem cotação, gris,
Celofane engarrafado, elásticos & luz,
Carburação injetada nos olhos, gases,
Correu por todo o Porto, alucinada,
A nau já partia, de raiva, ficou nua!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 09/08/2006
Código do texto: T212625
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:54)
Peixão