Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O olho

Poema dedicado a minha amiga Camila, que mostra tanta admiração por minha cidade , tanta atenção a meus textos e que pediu pra eu fazer essa coisa até muito ousada de tentar por em palavras a arquitetura do museu Niemeyer que temos aqui:

    Naquela linha interminável
    Corta o "skyline", num susto
    O observador incansável
    Negro olho secreto...

    Um salto nas luzes das águas
    À noite se abre, se fecha de dia
    Em curvas sensuais, cura minhas mágoas
    Fluindo e gingando, abrigo sem teto...

    O velho poeta ainda ama
    E a todos os olhos inflama

    Pilares, vigas e cascas incisas
    Nem de palavras precisa

    Encanta minha vida de novo
    Sua mente, sua mão, seu olho
    Rabiscam os traços de um povo

     
    Com carinho,
Guilherme Lombardi
Enviado por Guilherme Lombardi em 01/06/2005
Reeditado em 10/12/2010
Código do texto: T21297

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Lombardi
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
152 textos (14480 leituras)
5 áudios (758 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:14)
Guilherme Lombardi