Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Farinha com Mandioca!

Folhas que servem para outras formas,
Gengibre & açúcar feitos como chá,
Entre o ar que se respira & expulsa,
Alguma vertente se abre no ocaso
Para os ignorantes uma porta de incertezas,
Aquela linha que corta o imaginário
De ontem, toda fé que se vende por dinheiro...
Vórtice ao status quo jogado na privada
Acéfalos com riquezas desmedidas
Impõem o imponderável, naufrágios...
Dilapida-se toda a decência, posterga,
Em ojeriza, grita pela ignorância...
A quem interessa o saber realmente?
Diásporas na meta-língua, média,
A confusão é conflito, o erro prevalece,
Acertar é fortuito como escama de peixe,
Criam-se dificuldades para vender facilidades...
Seja como for, sai mais caro com os impostos...
Depois do “achamento”, ninguém conseguiu se encontrar!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 10/08/2006
Código do texto: T213111
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:08)
Peixão