Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antídoto


Não importa o tempo
que escorre pelas tuas frestas
teus sulcos e rugas na testa
são cometas no teu firmamento...
se me firo nas tuas arestas
tão cegas, tão finas, imoladas
costuro com fios de seda
refaço minhas mãos esfoladas...
e disfarço vestida na noite
com uma insana transparência
minhas palavras são traças
que corroem a tua ausência...
teus beijos, rastros, presságios
não importa se bebo em taças
da tua sólida boca
sorvo o líquido veneno
e sopro anéis de fumaça...

Cristina Nunes
Enviado por Cristina Nunes em 10/08/2006
Reeditado em 10/08/2006
Código do texto: T213632

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cristina Nunes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
421 textos (32646 leituras)
9 áudios (1002 audições)
2 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:36)
Cristina Nunes