Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Navegar sozinho:



Ouvir o canto das águas
de encontro às margens do rio
a embalar meu velho barco
que desliza suavemente levado
pela brisa que sopra de mansinho
e me leva em direção ao mar
já ouço o grito das gaivotas
no seu vou rasante junto às ondas
vindo saudar a minha chegada
meu velho barco estremece e geme
tentando vencer o encontro das águas
onde assisto a teimosia de um rio
que cisma invadir o mar revolto
que resiste e o repele de volta
apenas meu velho barco gemendo triste
vence a teimosia das águas em luta
na tentativa inútil de vencer a natureza
deixo aquela luta para trás, e sigo a lua.
que deixa sobre as águas uma trilha
prateada, guiando-me pelo mar a fora.
em busca de um porto seguro para ancorar
e quem sabe reconstruir minha vida vazia
pois estou cansado de navegar sozinho.

Vovonei

Porto Seguro
 1987
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 11/08/2006
Código do texto: T213724
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147466 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:47)
Volnei Rijo Braga