Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As Meninas


MAR IA e vinha
Ondas em refluxo a pedra descobria
APARECIDA era toda ROSA
DITA assim formosa
O DETErminismo era robusto
ALI CE  via coral em arbusto
A maré por cima passava
Humilde, por baixo EVAcuava
MARGARIDA na praia fincada
Pelo sal carcomida, pelo sol asSADA
LUZIA por todo canto
A BEL prazer, o encanto
Luz RUTElante da CANDIDA estrela DALVA
Que CLARA aponta, que acalma
Ventos LUCIferantes ondas açulam
Sereia e ENEIDA se permeia
Nas águas, como ANAconda  sepenteia
Tal DIVA NARCIZA a colher TAMARA
Na palmeira seca e aMARA
DALI LA não é perto
SO LANGE por certo
VALERIA mais um ponto certo
PALOMA e ALBAtroz voam no azul CELESTE
A admirar a FLORA que aDORA
É chegada a hora
Nos olhos ela LIA,
Sobe a adrenaLINA
Busca insANA e repenTINA
É o amor que SARA e cura
É a espera da VIDA futura
VIVIenciar albores
Experienciar novos amores
IDA e vinda, mar de dor ou louvor
Nas águas resplandece a bela IARA FLOR.




GDaun
Enviado por GDaun em 11/08/2006
Código do texto: T213794

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:42)
GDaun