Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO

Olhando-me, seriamente,
surpreendi insuspeitadas rugas
que aparecem,  atrevidas,
sob a sombra de meus olhos;
vi que já não possuo
o brilho da esperança
que, até pouco tempo,
era minha companheira.
Sorri, virei de lado,
fiz um trejeito maroto,
soltei o cabelo
mas... qual o quê !
Dei as costas a mim mesma
e voltei para a varanda;
olhando os passarinhos,
pensei no tempo
- já tão distante -
em que eu era a razão
de todo seu bem-querer...
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Enviado por Maria Luiza de Monteiro Marinho em 11/08/2006
Código do texto: T214127

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Luiza de Monteiro Marinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
149 textos (4798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:45)
Maria Luiza de Monteiro Marinho