Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um grito / 13 de Maio: Escravidão, terrorismo, medo!

Noite de pânico e medo,
o sangue congelado nas veias,
no peito um peso,
onde estão meu Deus,
o amor, a paciência,
o sentimento de irmão,
o respeito aos pais,
o valor da vida?
Gritos; com urgente angustia!
E no ecoar do grito, dor e repulsa!
Outro corpo estirado na rua,
outro ônibus em chamas,
outra familia clamando justiça!
Um heroi tombando, abatido, sem culpa!
Outro inocente fuzilado!
Como podem matar, fuzilar, tão impulbere a inocencia?
Estado de guerra!
Estado de sitio!
Estado ensangue!
Estado de trevas!
Estado de impotência!
Prostado, incredulo,atonito,
meus olhos inundam-se de lágrimas!
Quem vai curar as nossas chagas,
suturar as feridas,
cuidar de nossas vidas,
prover nosso futuro?
Gritos... Pois não podem ser contidos,
a alma se desespera!
O operario desta grande obra, o nosso futuro,
não é o que se acovarda,
nem o que chora!
Somos nós, que com amor, só com amor,
faremos o futuro, abaixo de Deus!
Nossa união, mudara esta realidade dura,
construirá uma muralha de paz,
maior que a da china...
A nossa muralha de paz!
Que é tão urgente e necessaria,
nosso farol, nosso guia,
ante os tormentos desta vida,
ante os perigos que nos cercam...
Esta paz será erguida com o suor de nossos corpos,
com a inspiração em nossas mentes,
com nossos corações incansaveis, sem medir esforços!
Teremos que abdicar de nossos egoismos,
fazer renúncias, sacrificios,
temos que matar a pobreza,
deixar de qualificar as pessoas por cores,
ver os saciados e desprezar os com fome,
esta muralha de paz, sem ter a forma de mulhalha,
sem ter a pretenção de ser jaulas,
sem ter limites e fronteiras,
é a única maneira de vivermos em paz!
Criemos esta conciência em nossos corações e mentes,
em nossas almas,
para que possamos destruir estas grades que nos aprisiona,
este terrorismo á luz do dia,
que matam nossa inocência,
destroi nossas casas,
e nos faz distante de qualquer decência!

Edvaldo Rosa
13/05/2006
www.sacpaixao.net
http://br.groups.yahoo.com/group/Sac_Paixao_Poesias/
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 11/08/2006
Reeditado em 10/09/2006
Código do texto: T214292
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173751 leituras)
23 áudios (10648 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:17)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor