Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nós insanos

NÓS INSANOS

... E é de todos tal insanidade.
E só minha tamanha saudade
Ainda sofro buscando a realidade
que me deixou essa dor
Que sufocou meus pensamentos
E afogou em minha vida, a verdade.

E é só meu tamanho sofrimento
E é apenas nosso o que está aqui dentro
É só teu meu pensamento
O qual me fez morrer
para eternamente viver
E demonstrar o meu contentamento.

E é um sentimento que me ilude
E é uma vontade que me persegue
um amor de tamanha magnitude
Que nãao sei ao certo quanto mede
Me leva a ser cheio de virtudes
Me leva a ser discreto.

E é cheio de desavenças
E é íntegro e completo
E tem muitas diferenças
Não sei o quão pode ser certo
Sinto tudo dentro de um nada
Pois sei que posso seguir honesto.

E é minha vida perdida
E é um pouco do que sou
E nada estará completo
Se, com você, não disser que vou
En contrar em teu mundo
O que da vida ainda restou

E não há nada que me traga de volta
Do buraco em que fui enterrado
E é uma palavra esculpida num monte
Que não me deixa ser derrotado
E sinto que não posso suportar mais
Pois você não me mantém acordado

E já houve muitas discordias
E nem sei como explicar
Estou preso no meio de um nada
E vejo que não consigo me libertar
Vou seguindo, te amando, te esperando,
E para sempre irei te amar

e foram essa decepções
que me fizeram desintegrar
pois aqui de onde estou
vejo q um dia irei ressuscitar
Para poder pôr os olhos novamente no mundo.
E de meu assassino me vingar...


[NorbertôÔ Poeta Morto/BiaRibeiro Poetisa Morta]
[Parceria minha com a poetisa que eu amo de montão, Beatriz Ribeiro]
Norberto
Enviado por Norberto em 11/08/2006
Reeditado em 12/08/2006
Código do texto: T214441
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Norberto
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
36 textos (2799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:49)
Norberto