Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Catástrofe

E a vida se fez simplemente.
E o sol apenas deu-nos calor.
Primavera se fez flores.
No jardim deserto plantaste amores.

Ao som do mar, escutei palavras
Encantos e desencantos.
Com sofrer,alegraste.
Sentimentos transparentes.

Poesia irreverente.
Letras erradas.
Concordância prejudicada.
Palavras transparentes.

Voltando ao mar,um suspiro se ouviu
O silêncio permaneceu vivo.
As águas arrastaram o calor.
Deixando apenas uma marca.

O Poeta confuso se fez presente
Tentou descrever o momento
Jamais conseguiu.
As palavras se perderam e o vento sorriu.
Deia Tumenas
Enviado por Deia Tumenas em 12/08/2006
Código do texto: T214776

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deia Tumenas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
217 textos (16392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:29)
Deia Tumenas