Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trovinha Chorosa


Quem finge que nunca chora
engana só seus lamentos,
demonstra seca por fora
mas sofre enchentes por dentro.

Quem dissimula desgostos
com ares de falsa calma,
não vaza açudes no rosto
mas rompe taipas na alma.

Homem que diz que não chora
por ser maior que a dor,
traz cicatrizes de esporas
sangrando no interior.

Olha com olhos de aurora
mas, açoitado de vento,
o sol que brilha por fora
vive ocasos por dentro.

O brio não mora no porte
dos que os olhos não molham...
Lágrima é própria dos fortes,
só os covardes não choram.

Eu temo quem no olhar
não transparece sentir
pois quem não sabe chorar
também não sabe sorrir.

Homem é aquele que chora
deixando a mágoa fluir.
Quem ergue diques por fora
se afoga dentro de si.
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 13/08/2006
Código do texto: T215436

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (83361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:37)
Vaine Darde