Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0306 - Sol e chuva

Hoje tem chuva e sol, tudo se mistura,
alguns sorrisos são o meio,
deveria não chorar, mas é parte...
quando somos vida, quero liberdade,
mesmo preso a outro...
é um tão sonhado caminho impossível.
 
Que amor não tem respostas prontas?
Diga qual amor é o teu que se esconde,
deixe que a chuva lave minha alma,
assim meu coração pode renascer um dia,
talvez de um arco-íris,
talvez de alguma paixão d'outro talvez.
 
Posso ser lua, mas quero ser sol,
deveria ser lágrima, escolho ser sorriso,
o coração teima, o que me confunde,
continuo em um eterno vazio,
até que volte, um dia até que volte,
antes do próximo amanhecer, espero que não!
 
04/06/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 02/06/2005
Código do texto: T21583
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:11)
Caio Lucas