Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0309 - Minha estrela

Poderia esquecer por onde se chega ao céu,
os caminhos por onde andei,
todos os sons, todos os brilhos,
não perderia nunca minha estrela de vista.
 
Ficou algo preso na garganta,
palavras que jamais foram ditas,
gestos, juras, sim, algumas e confissões,
as mãos que não se juntaram por um tempo.
 
Qualquer dia voltarei ao mesmo lugar,
debaixo do mesmo céu, a mesma casa,
subirei as mesmas escadas estreitas,
abrirei a porta... se vou encontrá-la? Não sei...
 
Poderia desenhar novas estrelas no meu céu,
deixar presente uma imagem inanimada,
seria tudo falso, nada disso seria verdadeiro,
como sou, apesar das esperas, ainda é minha estrela.
 
06/06/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 02/06/2005
Código do texto: T21586
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116252 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:06)
Caio Lucas