Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhãs que Cantam



 
 
 
Não olhe para trás
Lágrimas podem molhar teu chão
encharcar o rio da solidão
 
 
 
Segue a paisagem da estrada
de mãos dadas com a primavera
Perfuma teus dias de quimeras
 
 
 
Com a argila das utopias
ergue o castelo das fantasias
hiberna este lunático coração
 
 
 
Põe o infinito  na palma da mão
Com a guirlanda do amor
adorne a cama da vida
 
 
 
 
Sorri com a alma das flores
faz uma festa com as dores
Vê os amanhãs que cantam !
 
 
 
Recife ,11/08/2006
Minha Página
http://geocities.yahoo.com.br/zenainversos/index.htm


 
 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 13/08/2006
Código do texto: T215888
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:53)
Zena Maciel