Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ME ATRAZEI...

ME ATRAZEI...
Eneida L. Lemos 15/11/05 -SP/SP.
 
 
Parada aqui debaixo do sol da manhã,
Venho te pedir perdão por só agora chegar.
Me atrazei contra minha vontade...
Telefonei, por hora tentei te avisar.
 
Mas estou aqui, vim para ficar,
Não me importa que as velas já se apagaram...
Pois temos a brisa da manhã a soprar,
Pássaros que cantam, para nosso amor alegrar.
 
Me atrazei, me perdoe e me abrace,
Quero dizer em teu ouvido quanta saudades senti...
Me beije, quero demostrar quanto amor,
Tenho guardado em meu peito, para poder lhe dar.
 
Sei que me esperaste a noite toda, triste a chorar,
E já pensava ter me perdido, e por horas sofreste a agonia...
De pensar que meu atrazo, fosse sinal que não eu viria,
E que eu deixara de te amar.
 
Me atrazei, me perdoe...
Nunca mais te deixarei, nem por um só instante.
Pois meu amor por você é tanto e vim para ficar,
Te darei  todas as minhas noites, para  esta compensar.
Eneida L Lemos
Enviado por Eneida L Lemos em 14/08/2006
Código do texto: T215958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eneida L Lemos
São Paulo - São Paulo - Brasil
115 textos (4225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:26)
Eneida L Lemos